domingo, dezembro 07, 2008

Arte Contemporânea? É já ali perto do jardim, não tem nada que enganar.

Armado em discípulo de Peter Parker, enviei o texto que se pode ler em baixo para o Diário do Sul afim de lhes dar as boas-novas para, se assim o entendessem, as retransmitirem a uma audiência mais vasta. Não recebi resposta e não consegui perceber se a dita nota foi publicada ou não. Seja como for, não encontro melhor e mais sucinta maneira de vos dar as tais boas-novas.

"Foi inaugurado, na passada sexta-feira, 5 de Dezembro, um novo espaço de exposições de Arte Contemporânea em Arraiolos pela mão de Cristina Oliveira (pintora e fotografa) e João Sotero (escultor). Fica no Largo 25 de Abril nº. 1, e faz parte do edifício da loja de tapetes de Arraiolos Kalifa e pode ser visitada durante os fins-de-semana das 10.00 às 19.00 e nos dias úteis das 10.00 às 17.00. Neste momento conta com uma exposição colectiva dos dois artistas. João Sotero apresenta um conjunto de peças esculpidas em mármore de pequeno formato enquanto Cristina Oliveira mostra o seu "White Dress Project", trabalho fotográfico composto por auto-retratos. A exposição estará patente até meados de Janeiro sendo então substituída por outros trabalhos de outros artistas. "

Resta dizer, porque acho que deve ser dito, que os dois artistas em questão não contribuíram para o supracitado espaço apenas com as obras de arte. Contribuíram também com materiais, braços e pernas para tornar o espaço o mais acolhedor possível com o mínimo dispêndio. E não se preocupe que não irá ver pedaços de corpos humanos espalhados pela casa e iluminados por pequenas lâmpadas de halogéneo. Primeiro porque a conversa dos "braços e pernas" era somente uma simples e bacoca forma de expressão, e em segundo porque nem sequer há lâmpadas de halogéneo. Seja como for - e aí vem a conversa de gajo interessado pela comunidade e tal - é uma iniciativa mais que louvável. Por um lado, ainda não havia nenhum espaço com estas características, por outro... Bem, por outro, as características deste espaço fazem com que seja... Já perceberam, certo?

Já sei, já sei. Devia ter escrito este post antes de sexta-feira (à laia de convite) para vocês, minhas bestinhas, irem ao beberete inaugural. E como não foram posso afiançar-vos que perderam um espartano mas fabuloso banquete alentejano. O queijinho e o pãozinho estavam deliciosos, mas o vinho meus amigos, esse merecia um Louvre só para si.

Quanto às peças expostas, aconselho-vos a passar por lá.
Sem mais assunto.
Parabéns ao João e à Cristina.

1 comentários:

Coisa Ruim disse...

Falando em iniciativas culturais...

... já respondias à minha "chamada", oh Barbaro x)